Genes | Agência de Propaganda, Publicidade e Marketing | Indaiatuba | Campinas | Sorocaba | SP | 10 Dicas para as marcas no ambiente digital
18309
single,single-post,postid-18309,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-3.8,wpb-js-composer js-comp-ver-4.2.3,vc_responsive
 

10 Dicas para as marcas no ambiente digital

David Shing, “profeta digital” da AOL, numa palestra no Cristal Festival, na França, falou ao público sobre a comunicação atual e deu dica para as marcas que querem sobreviver no ambiente digital contemporâneo.

Com fala rápida, cabelos espalhafatosos, terno sujo de tinta e um forte sotaque australiano, Shing enumerou alguns ensinamentos que ele acredita serem essenciais para que as empresas de hoje façam uma comunicação eficaz.

 

Abaixo os 10 principais pontos da apresentação do “profeta”.

Seja transparente
“O digital é sobre transparência. Uma marca que fez certo foi a Honey Maid”, reflete Shing lembrando do case criado pela Droga5 para a marca de cereal. A empresa lançou um comercial com famílias diversas, incluindo uma com pais gays. Milhares de internautas fizeram comentários ofensivos à iniciativa. A marca então decidiu transformar o amor em ódio, sem esquecer do discurso inicial.

“O sentimento de marca da Honey Maid subiu umas 10 vezes”, explica Shing.

 

Sua audiência está construindo uma audiência
Na internet, a audiência de sua marca está construindo uma audiência. É preciso pensar este aspecto na hora de criar campanhas. A nova geração, explica o profeta, “amam social, mas preferem quando é social for good”. Ou seja, se há uma causa ou a ação é para o bem, as chances de compartilhamento são maiores. “As pessoas só recomendam marcas de 5 a 9 vezes por ano”, explica para ressaltar que a sua chance de ser recomendado por alguém é pequena e por isso sua aposta precisa ser certeira.

 

Seja Nativo (e criativo)
Construir conteúdo nativo está na moda. A publicidade que não tem cara de publicidade parece ter encantado os anunciantes. Mas como fazer isso de uma maneira diferente? Uma iniciativa da Mattel citada por Shing pode te inspirar. No fim de 2013, a Barbie estava de mudança – na verdade a fabricante da boneca queria lançar uma nova casa para a boneca – e a Mattel colocou a casa da boneca no site imobiliário Trulia e ainda posicionou ads ao lado da casa que estava à venda.

 

Screen Shot 12-17-14 at 07_04 PM

 

Reinvente seu produto

Segundo o profeta, um dos grandes exemplos de marca que se reinventa é Coca-Cola. Prova disso é o case da marca que deu novas funções à garrafa da bebida.

Sua marca precisa experimentar
Outdoor e Big Data não são novidades, mas os dois juntos numa ação da British Airways exibida por Shing demonstra bem como uma marca pode transformar algo que já está no mercado em algo inovador. “Lindo uso de Big Data”, diz Shing.

 

Você não compete com publicidade, compete com cultura popular
Sabia que a publicidade de sua marca não compete com a publicidade do competidor? Pois é, segundo Shing a audiência contemporânea é devota da cultura popular e é com esse tipo de conteúdo que você está competindo. Para exemplificar, o “profeta digital” cita algumas marcas que entraram na conversa digital durante a Copa do Mundo, caso de Snickers quando Suárez mordeu o jogador italiano.

 

Twitter

 

 

Use e abuse dos vídeos
“Quem imaginaria que conseguiríamos contar uma história em seis segundos?”, questiona Shing para mostrar o case da HP no Vine. Para o “profeta digital” este é o formato em que as marcas devem apostar. “90% da população ama vídeos”, diz.

 

 

 

Atenção é a nova moeda
Use a criatividade para ganhar a atenção de sua audiência. Se inspire no exemplo do abrigo para cães abandonados SPCA que desenvolveu a ação abaixo citada por Shing durante sua palestra.

 

 

Wearable
Se os dispositivos wearable estão na moda, que tal pensar além e criar algo como a M.J. Bale fez em parceria com o Heritage Bank e a Visa.

 

 

Celebridades? Certeza?
E se você está pensando em usar celebridades, observe a ação abaixo lançada pelo McDonald’s durante a Copa de 2014. A marca apostou em pessoas com habilidades fora do comum para promover a empresa.

 

Por Leonardo Araujo – Direto de Courchevel, França – Site ADNews